Lisboa - Porto - Faro - Setubal
toxicodependencia.com@gmail.com
21 826 88 86 / 93 507 66 58
Close
21 826 88 86 / 93 507 66 58 toxicodependencia.com@gmail.com
Conheça os factos acerca das drogas – Parte 9

Heroína

 
Nomes de calão incluem cavalo, castanha, H.

 
A heroína é feita da morfina, uma das drogas oriundas da papoila de ópio. Usa-se de forma injectável ou fumada.

 
Efeitos – Injectar a heroína dá um efeito rápido seguido de sensação de paz e sonho. Sente-se calor, relaxamento e sonolência. Há uma redução da dor, da agressão e dos desejos sexuais.

 
Efeitos secundários – Os efeitos secundários da heroína e outros opiáceos (tais como a morfina e a metadona) incluem obstipação e respiração mais fraca. No entanto, a maioria dos perigos da heroína resultam da overdose por injecção.

 
Riscos – O que é vendido na rua como heroína contém muitas das vezes outras substâncias, tais como açúcar, farinha, pó talco e outras drogas. Essas substâncias podem parecer inofensivas, mas se as injectar podem causar danos ao corpo, tais como coágulos de sangue, abcessos e gangrena. O HIV e a hepatite B e C podem propagar-se pela partilha de seringas. O uso regular de heroína leva frequentemente à dependência.

 
A metadona é usada como droga de substituição para tratar a dependência da heroína. Vem sob a forma de um líquido verde, que se bebe uma vez por dia para se perder a vontade de tomar heroína. O risco mais sério da metadona é a morte por overdose.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Phone: 21 826 88 86 / 93 507 66 58
Lisboa - Porto - Faro - Setubal